Principal >> Blog >> alivio das tensões >> Atenção: Muito cuidado na hora de lavar o arroz

Atenção: Muito cuidado na hora de lavar o arroz

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Veja dicas preciosas para sua saúde como: Atenção muito cuidado na hora de lavar o arroz

Vai cozinhar Arroz? Então coloque mais água na panela ou deixe de molho por mais tempo. Faça isso pelo bem da sua saúde.

Como você costuma cozinhar o arroz? Se você utiliza o dobro de água para a quantidade de arroz, você pode estar colocando sua vida em risco. Segundo especialistas, o arroz pode conter vestígios de arsênico, uma substância altamente tóxica que pode trazer diversos riscos para a saúde.

A boa notícia é que experimentos mostraram que o modo de preparo pode ajudar a reduzir consideravelmente os níveis do veneno no alimento.Infelizmente, o modo mais comum de prepará-lo
2 medidas de água para 1 de arroz  não é o ideal.
De acordo com informações do jornal britânico The Telegraph, o produto químico contamina o arroz como resultado de toxinas industriais e pesticidas presentes há décadas no solo e que continuam contaminando o alimento.
Em geral, o arroz tem 10 vezes mais arsênico inorgânico do que outros alimentos e, segundo a Autoridade Europeia de Padrões Alimentares, pessoas que ingerem quantidades muito grandes do alimento estão expostas a concentrações preocupantes da substância.
A exposição crônica ao arsênico foi associada a uma série de risco à saúde, incluindo problemas de desenvolvimento, doenças cardíacas, diabetes, danos ao sistema nervoso e até mesmo aos cânceres de pulmão e bexiga. Para analisar os níveis de arsênico no arroz preparado, Andy Meharg, um especialista da Universidade Queen em Belfast, na Irlanda, testou 3 formas diferentes de cozinhar o alimento, em um experimento realizado para o programa da BBC Trust me, I’m a Doctor, algo como “Confie em mim, sou médico”, em tradução livre para o português.

No primeiro, ele usou uma proporção de 2 partes de água para 1 parte de arroz, onde a água ferve durante o cozimento.

No segundo, com 5 partes de água para 1 parte de arroz, os níveis de arsênico foram reduzidos quase pela metade.

Já no terceiro método, onde o arroz ficou de molho durante a noite, os níveis da toxina foram reduzidos em 80%. Portanto, na próxima vez que você for fazer arroz, considere lavá-lo bem antes, aumentar a quantidade de água ou deixá-lo de molho na noite anterior.

Fonte: Veja.com

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]