Principal >> Blog >> Dicas de saúde >> Higiene Íntima – A Importância na Saúde da Mulher

Higiene Íntima – A Importância na Saúde da Mulher

Higiene Íntima - A Importância na Saúde da Mulher

 

5 dicas para a saúde íntima da mulher

A boa higiene íntima da mulher é importante para prevenir doenças, como infecções e candidíase, e ela também ajuda a controlar os odores típicos desta região. Confira nossas 5 dicas básicas para garantir uma melhor saúde íntima:

1. Use calcinhas de algodão e evite a calça jeans, pois ela não deixa a região íntima ventilar
2. Dê preferência a depilação com cera ou faça a depilação definitiva a laser, mas evite retirar muito os pelos, pois eles ajudam a proteger a região de infecções
3. Use papel higiênico macio, branco e de boa qualidade ou use sempre lenços umedecidos, sem perfume, e limpe-se sempre de frente para trás
4. Substitua os absorventes internos, no máximo, a cada 6 horas e os externos a cada 4 horas
5. Sempre que possível, durma sem calcinha para que haja ventilação na região.

Outras dicas importantes são: alimentar-se de forma saudável, evitar os vícios e praticar exercícios físicos regularmente. Assim, o organismo fica mais resistente a uma série de infecções.

A falta de higiene íntima adequada pode causar doenças femininas e o aparecimento de caroços inflamados na pele, especialmente na virilha, axilas e ânus, causando uma doença grave chamada hidrosadenite supurativa. Esta doença leva à formação de várias pequenas feridas principalmente em regiões do corpo abafadas e que produzem muito suor.

Sintomas

Os primeiros sintomas que podem indicar a hidrosadenite são:

• Pequenas regiões da pele que ficam inchadas, duras, doloridas, inflamadas e avermelhadas;
• Pode haver coceira, ardência e excesso de suor;
• Com o passar do tempo, a pele pode passar a ficar azulada ou arroxeada devido à falta de sangue.

Os nódulos causados pela doença podem diminuir espontaneamente ou estourar, liberando pus antes de a pele cicatrizar. Em algumas pessoas após algumas semanas ou meses os nódulos voltam, geralmente no mesmo local afetado anteriormente.

Quando aparecem diversos nódulos ou quando eles são constantes e demoram a cicatrizar, as feridas podem aumentar e formar abscessos ou úlceras, sendo mais difíceis de tratar, necessitando de cirurgia.

 

caroços inflamados na pele

Foto: tuasaude.com

Tratamento

A hidrosadenite supurativa não tem cura definitiva, mas durante as fases iniciais da doença o tratamento tem grande sucesso em controlar os sintomas, e costuma ser feito com o uso de cremes com antibióticos e injeções de corticóides no local afetado por isso é muito importante manter a higiene íntima da mulher.
Em estágios mais avançados da doença, o médico também pode prescrever antibióticos na forma de comprimidos e remédios que controlam a produção de hormônios, principalmente nas mulheres.

Nos casos mais graves, pode ser necessário fazer uma cirurgia para eliminar a região da pele com as glândulas defeituosas e substituí-la por enxertos de pele saudável, curando a doença naquela região operada.

Além disso, alguns cuidados gerais devem ser feitos durante o tratamento em todos os casos, como manter uma higiene íntima adequada, evitar o uso de roupas apertadas e aplicar compressas úmidas sobre as feridas.

Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista

Fonte: tuasaude.com